homeboy, fechando os olhos e abrindo o zíper e mais outras coisas sem a menor importância

Ontem achei o filme Homeboy , em dvd, pra vender por 19 reais numa locadora perto da minha casa. Eu nem sabia que tinha saído em dvd, aí subi até o apartamento, peguei o dinheiro, fui à locadora e tratei de comprar. Eu não achava esse filme nem pra alugar em lugar nenhum aqui de Porto Alegre. É um dos meus preferidos. Rourke em grande forma e assinando o roteiro, Cristopher Walken mandando ver (achei no google esses tempos uma entrevista do Mickey Rourke feita pelo Cristopher Walken. era em inglês, mas o que eu entendi foi muito bacana) Vou revê-lo agora já que o celular me acordou cedo de novo. Faz dois dias que isso acontece. Ontem era o meu brother Rodrigo Corcel que me ligou às nove da manhã – ele tinha pegado uns contos, que eu tô revisando, pra ler.  Acho que eles poderiam virar um livro, o nome seria Guia Subterrâneo de Relações Arrasadas, que é o título de um dos contos e, também, porque todos meio que abordam o desgaste de alguma relação, seja com mulheres ou coa cidade ou consigo mesmo. Enfim, o Rodrigo ligou pra dizer que o nome tinha que ser Fechando os olhos e abrindo o zíper – é um trecho do conto Cemitério de Testes de Farmácia. Tu me ligou às nove da manhã pra isso? Sim, eu tava lendo agora, ele disse. Daí eu desliguei e tentei dormir de novo, mas não deu, tava com uma ressaca filha da puta, maior que a de hoje, e fiquei assistindo Operação Yakuza (grande Sydney Pollack, grande Robert Mitchum, grande Paul Schrader). Falando em Paul Schrader e em Cemitério de testes de farmácia, meu alterego tá ficando cada vez mais doentio, não é algo tão escancarado, mas são pequenos detalhes que até me assustam um pouco, ontem escrevi um conto com uma mina sem um braço e me espantei com o rumo pra qual eu levei a história. Vou pensar nisso mais tarde, agora revejo Homeboy e depois tem um clássico GreNal de domingo às quatro horas da tarde. Acordei coa música Todo Sujo de Batom na cabeça, acho que porque ontem eu tava tomando umas cervejas com o ricardo ara e ele acabou comentando sobre o Belchior e sobre ele ir lá na minha cidade de vez em quando e tudo o mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: