28 mil toques sem um pingo de viadagem e Bandidas de Bikini e Esplendor Americano

Escrevo um texto de 28 mil toques sem frescuras sobre o John Ford em tempo recorde. Ia ser bom revisar ele denovo daqui a dezoito dias mas o prazo de entrega é pra daqui a um minuto. Envio. Abro uma lata de cerveja e olho pra chuva lá fora, viva a chuva lá fora!, só por hoje. Penso em algumas coisas, algo muito parecido com planos, não acredito neles e, tampouco, cairei na besteira de anunciá-los. mas até tenho duas coisas que não me dizem muito o respeito pra anunciar por aqui. uma é esse filme que eu achei e é um filme muito católico e o papa é o Dee Dee Ramone e separei pra ver quando pintar um tempo – Bikini Bandits Experience. Claro que essa porra tem enorme chance de ser uma merda. E claro que tem uma grande chance de que eu até curta essa merda. Saca só o nível da bagaça:

As Bandidas de Bikini são um grupo de garotas bonitas, assaltantes, cujo roupa é um singelo bikini que mal esconde seus corpos sensuais. Infelizmente, logo após o primeiro assalto morrem quando o seu carro cai num penhasco. Vão para o Inferno onde têm que cumprir uma missão: voltar no tempo e perverter a virgem Maria. No entanto são convertidas pelo Papa (Dee Dee Ramone), antes de cometerem tão blasfemo ato. Voltam ao Inferno onde batalham com satanás. Entretanto fogem outra vez para a terra onde vivem um tempo numa quinta Amish, sempre de bikini. Mas um jovem atrasado mental amish é raptado pela indústria porno para se aproveitar do seu colossal penis. As bikini bandits decidem ajudar a esposa (e irmã) do atrasado mental e combater o Evil Porn Diretor (Jelho Biafra DK). “fuck you, Satan!”
E quem for babaca o bastante pra também querer assistir o filme, pode baixar ele aqui, no Arapongas Rock Motor.

Buenas, a outra coisa é uma coisa pela qual eu esperava há muito, muito tempo. Desde o tempo em que eu ainda roubava livros (não faço mais e garanto que não me orgulho em nada de tal atitude) e furtei Bob & Harv da sessão de quadrinhos de uma grande livraria. É que ali eu conheci o trabalho do mestre Harvey Pekar e depois procurei tudo sobre ele e vi o filme e quis roubar mais livros dele, mas não existiam mais livros dele em terras tupiniquins.

Soube que ele tinha escrito e organizado essa parada sobre os beats com outros figurões dos quadrinhos norte-americanos e, então, esperei e esperei e desisti de esperar e, agora, aconteceu. Aí tá ele. Vem pela Saraiva Editora que promete investir forte em Graphic Novels nos próximos anos. Em pensar que eu roubava a maioria dos livros justamente da porra de uma loja Saraiva (não ia revelar, mas era o sistema de segurança mais fraco pra se driblar e o destino ou as coincidências ou Deus ou o Nada transformou isso numa espécie de alívio cômico sem a mínima importância)… Foda-se. Por esse livro e pelos próximos prometo que vou pagar. Afinal, é por isso que ainda não tenho o Anjos da Desolação e demorei um ano e meio pra ler Visões de Cassidy… Enfim. Aguardo ansiosamente pra me pechar coesse Os Beats.

Anúncios

10 Respostas to “28 mil toques sem um pingo de viadagem e Bandidas de Bikini e Esplendor Americano”

  1. Gabriel Daher Says:

    Porra, que massa esse filme, nunca tinha ouvido falar. Pela sinopse me lembrou algo meio “Faster, Pussycat! Kill! Kill!” mais escrachado. Fora que com participações de Dee Dee Ramone e Jello Biafra tem tudo pra ser uma pérola perdida. Valeu pelo toque, bandido!
    abraço.

  2. bruno b. Says:

    é… deve ser bem mais escrachado.
    grande abraço.

  3. Adriana Godoy Says:

    Bandido, continuo te lendo e gostando. Mas esse filme não vou ver nem fudendo…., já os livros, aí sim, boas dicas. beijo e bom feriado.

  4. ricardo carlaccio Says:

    eu escrevi um post , acho que foi um dos primeiros desse blog, falando sobre preacher e o nome do post era “roube do livreiro”, de quebra fazia a propaganda da banca de livros que tinha a série quase completa (como o pacote era guardado a sete chaves, não havia problema do adriano levar um prejuízo). no mais o visões é um catatau, o que daria muita pala numa tentativa de furto. bom garotas de bikini, um bom filme católico como deve ser. abraço.

  5. ricardo carlaccio Says:

    eu acho que não existe mais, bruno. devo ter deletado quando o zip net acusou espaço esgotado. abração.

  6. |Fly| Says:

    Cara, estou ansioso para saber o que tu achou do Bikini Bandits. Assisti aqui, e nossa, que insano!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: