armas e facebook

Ela dispara um tiro contra mim mas passa de raspão. Finalmente eu acertei meu contrabaixo na cara de alguém (sonho de uma vida toda) mas tava bêbado o suficiente pra não lembrar disso, agora. Fico pensando se o ladrãozinho azarado tá bem. Será que eu posso ter matado alguém? Eu tomei um grande porre e acordei fudido e não lembrava de merda nenhuma, nem rastros nem nada, blackout, mas infelizmente acredito em tudo o que me contaram. Você não devia reagir a assaltos, você não devia beber dois litros e meio de whisky, você devia ser regular com seu tratamento, ela diz, como se eu não soubesse, mas os tiros só passam de raspão. Então eu coloco o dedo no cano de seu revólver, e Velvet Underground toca na sala e no ar. Trato de morder a sua melancolia, olhar seu rosto maluco e entrar lá dentro – nessa altura eu já recuperei a arma e a devolvi ao meu coldre. Ken Parker arruma briga num bar de chicanos onde a cerveja mais parece mijo de cavalo. Ela arranca o gibi da minha mão, senta no meu colo e eu trato de segurar o meu Rossi pra que ela não roube de novo. Ela me deixa ir ao seu banheiro e tomar uma ducha. Ela reclama do seu ex-namorado. Nunca espere uma boa trepada de um cara que fuma malboro light, ela diz como se fosse outra grande novidade. Ela é uma chuva de falsas novidades e preocupação.

_______________________________

O facebook é um puta assassino de criatividade e de tempo. O meu agora tá com um vírus maluco, minha foto virou uma mulher gostosa e a foto dos meus amigos viraram imagens de monstrinhos e de Carlos Gardel (olé) – pra quem vê meu perfil fica normal, mas pra mim fica tudo fudido – um nerd que não come ninguém se diverte em seu bunker com cheiro a punheta e Big Mac. Se ele não voltar ao normal não vou reclamar não, parar de usar essa droga pode ser muito conveniente. A única coisa lamentável é não ler mais os comentários contundentes do Pascotto e deixar de falar com alguns leitores dessa bagaça que só conheço por lá. Os leitores bacanas, digo. Porque tem uns malas que não me furtei de excluir daquele antro de convites para joguinhos idiotas.

Anúncios

8 Respostas to “armas e facebook”

  1. Anônima Simpática Says:

    Morder melancolias sempre é interessante…

  2. Anônimo Says:

    Pulp?

  3. fredy durke Says:

    ei garoto,
    vê se não vai cair do muro///

    bruno meliante,

    você é um ladrão de pensamentos/////

  4. fredy durke III Says:

    por favor,
    não me chame pelo meu nome na frente de todo mundo.
    se alguém descobre que sou filho de Gombro estou na puta merda.

    bruno, bruno
    ladrão à moda antiga
    você é um animal e deve continuar longe das aspas:
    essas sim vão matar todo mundo

    manja quando alguém desenha com os dedos no ar o sinal de aspas?

    essa é a hora de ter uma bazuca
    boom
    no meio da fuça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: