futebol e rock’n roll

Domingos arrastados são ainda mais arrastados na Bahia. Fico escutando Stones e lendo alguma coisa qualquer. Corinthians ganhou o mundial. Bacana. Parabéns. Fiquei contente pra burro quando o Inter ganhou do Barcelona num jogo que, pelo que li agora na crônica esportiva, foi bastante similar ao de hoje contra o Chelsea. Eu me criei sem ver meu time ganhar título nacional ou internacional. E me criei idiota o suficiente pra ser fanático por futebol. Minhas alegrias juvenis eram os gre-nais e estaduais – terreno onde o Inter sempre levou vantagem. Em 2005 quase vi ele ganhar um Brasileirão. Mas justo o Corinthians levou o campeonato no apito. Pensei que era isso, eu ia sofrer pra sempre enquanto torcedor do Inter. Só que em 2006 ele começou a ganhar tudo. A Libertadores e o Mundial de 2006 são umas das minhas maiores emoções futebolísticas junto com a escapada do rebaixamento na última rodada do brasileirão em 2002, o lendário gre-nal do 5×2 e a campanha do Uruguai na Copa do mundo de 2010. Enfim, não sou desses caras que secariam o Corinthians no mundial por causa do campeonato roubado de 2005. A torcida deles não têm culpa disso. Não assisti ao jogo. Não tenho televisão. Ainda bem que não. Porque a televisão deve ser ainda mais chata com Corinthians campeão do mundo.  Prefiro ficar nos Stones e a melhor sequência de discos de uma banda na história do rock’n roll: Beggars Banquet, Let It Bleed, Sticky Fingers e Exile on Main St. Como um grupo de rock pode empilhar esses 4 clássicos um atrás do outro? Não sei. Mas isso também me emociona.

– Beggars Banquet

– Let it Bleed

– Sticky Fingers

– Exile on Main St.

Anúncios

5 Respostas to “futebol e rock’n roll”

  1. adriana godoy Says:

    Ontem, sábado assisti ao show de 50anos dos Stones. Porra! Um show incrível! Os veinhos dão de mil em muita banda por aí. Pra mim, a melhor banda de todos os tempos. O melhor rock and roll. Keith Richards, impagável! Quanto ao Corintias, dá nojo o que a tv faz. Sou Galo até morrer. Ainda bem que tem os Stones. Beijo

  2. Pedro Pellegrino Says:

    Essa “Loving Cup” é fudida!!

  3. Pedro Pellegrino Says:

    Tenho esse disco,mas não tinha prestado a atenção direito nessa música, sensacional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: