Shemales

Eu tava falando com o brother Antonio sobre uns contos meus. Um deles, Sofia, que vai tá no meu livro, é sobre um cara que perde a namorada e vai morar numa pensão da Dr. Flores em Porto Alegre e seu vizinho de quarto é um traveco. Também tem o que foi publicado na Granta Nº 8, A arte de apagar cigarros com cuspe, onde o pai do personagem principal namora um travesti. A real é que eu gosto de escrever sobre deslocados levando suas vidas. Nada mais deslocado que um travesti. Tinha um boteco perto de onde eu morava em Porto Alegre, o Bora Bora, eu sempre bebia por ali. De vez em quando pintavam uns travecos. Eles sabiam ser bem chatos, mas me contavam as melhores histórias. No grande livro Um brinde em copos de plástico, do Ricardo Carlaccio, tem uma anã travesti. Puta personagem bacana. O Antonio disse que eu tinha que escrever um livro só com as histórias de travestis. Tipo um Women do Charles Bukowski, só que Shemales, ou Travecos. E ele me mostrou essa música foda, a letra é um conto muito bacana, com travestis, quem não saca bem inglês, procura a letra no google, vale à pena:

2 Respostas to “Shemales”

  1. Lili Says:

    Legal! Shemales são bem mais loucos que só she…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: