Tem uma janela no nosso banheiro. Eu tomo banho avistando o cenário. Uma rua com ponto de ônibus e os telhados de um buffet do inferno que tem aqui embaixo de casa. Ao lado do buffet tem uma casa abandonada e fica uma porção de entulhos em cima das telhas. Flagrei uma puta ratasana correndo ali em cima enquanto tomava banho. Sarigue, é assim que chamam aqui o diabo de uma ratasana gigante. Também tinham dois morcegos voando ao redor duma árvore. Essa árvore tá no pátio da casa abandonada, durante o dia eu vejo os lagartos subirem e descerem dela. Nunca tinha visto os morcegos. Hoje eu vi. E quis ficar ali, vendo os morcegos. Desperdiçando a água do planeta em baixo do chuveiro, tudo porque eu queria ficar um pouco sozinho. Eu e minha mulher estamos assistindo Six Feet Under. Todo mundo morre, eles dizem em toda temporada. E nos mostram isso episódio atrás de episódio e é a única verdade absoluta e, mesmo assim, a gente segue batendo cabeça aqui embaixo. Como formigas idiotas. Eu to reassistindo a série, na real, porque ela nunca tinha visto e eu achei que deveria ver. Mas é uma série que me incomoda às vezes. Me incomodou bem mais na primeira vez, mas agora ainda consigo pescar semelhanças mórbidas com minha vida, na real são apenas enredos sobre morte que soltam migalhas que eu insisto em transformar em coincidências. Mas tem dois personagens malucos também, então eu lembro de Letícia. Talvez eles sejam fichinha perto de Letícia, mas o fato de não serem Letícia me faz pensar que são bem mais loucos que ela. Tu não conheceu Letícia, mas ia achá-la bacana. É isso. A gente tava vendo um episódio e aí eu fui tomar banho e quis ficar olhando os morcegos. Esses dias um leitor meu, que conheci pelo blog ou pelo facebook, me passou o link do documentário sobre Warren Zevon. Eu não sabia que ele gravou aquela música num cd inteiro feito ciente de sua doença terminal. Outra merda que eu transformo em coincidência. Mas a letra de Keep Me In Your Heart For a While é sobre isso mesmo, tu sabia? Eu pensei que tu só tinha me falado dela porque a gente viu aquele episódio de Californication e aí ficou na cabeça e depois transformou a música no teu próprio sentido. Mas não, ela faz o completo sentido. Nunca gostei de ouvir essa música depois. Eu vi o documentário no trabalho, pelo YouTube. Porra, eu fiquei mal. Então deu o horário do almoço e fiquei fazendo voltas na quadra, pra solidão ir me fortalecendo um pouquinho. Por sinal, Californication tá uma merda. É a última temporada. Eu e minha mulher vimos um episódio hoje mesmo e nos deu vergonha. Foi longe demais. Essa série já durou duas mulheres na minha vida e agora mais outra. Isso também me fez pensar numas coisas, enquanto eu assistia os morcegos. Sério. Tu me mandou escutar aquela música, assim que eu saísse do hospital, era tarde, eu cheguei em casa cansado, eu não teria escutado nunca, mas sei lá por que resolvi ligar o computador e escutar naquele dia. Eu já sabia que tu tava sendo idiota e era uma despedida, mas pra mim parecia bobo e sem esperança, então eu escutei e não parecia mais. Tu sabia de tudo. Tu sabia sobre o Warren Zevon? Antes de Californication? Ou depois, curtiu a música e pesquisou e tudo o mais? Não me parece que tu conhecesse muito Warren Zevon. Tu não conhecia muito de Bruce Springsteen, ou Bob Dylan. Que importância? Foda-se. São coisas que eu queria saber mais sobre, só isso, aí abro o PC e começo a digitar essas merdas, mas eu não descubro nada, eu não sei nem nunca vou saber. Everybody Dies. A morte é exatamente isso afinal. Nunca melhora, mas a gente vai calejando, como quem anda sempre com os pés descalços e não sente mais tanto o quente do asfalto no verão.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: