livro saindo

Trinta cópias do meu livro já saíram da gráfica. Essas cópias irão direto pra São Paulo, vou tá lá colocando elas à venda no dia 23 de agosto (sábado), na Buenas Bookstore. no Espaço Cemitério de Automóveis. O que sobrar dessas 30, vou vender via internet/correio pra quem quiser comprar diretamente comigo (o preço vai ser um pouco mais em conta). Senão, amanhã mesmo já deve tá à venda no site da editora Bartlebee e, ainda nesse mês – não sei a data exata -, entrará no catálogo de algumas livrarias.

Pra quem ainda não sabe sobre o que se trata, “Tem um palhaço agressivo e um hooligan triste em algum lugar aqui dentro” é basicamente um livro de contos. Até porque os “poemas” dele são narrativas e não poesia. O narrador é o mesmo em todos os textos e dá tanto pra montar uma ordem cronológica na bagaça, quanto pra lê-los separadamente. Foi uma seleção que fiz entre inéditos e alguns já publicados, seja em blog ou outros cantos da internet. Embora os que não sejam inéditos, tenham sido revisados e alguns mudaram drasticamente nesse processo.

Também tem uns dois ou três posts do blog que achei que cabiam no universo do livro e do narrador mesmo não sendo fictícios, já que eu não fazia muita ficção em blog. Isso foi bacana. Virou uma confusão da porra. Revisando os posts, pude chegar a algumas reflexões sobre o que eu tava passando e transformá-las em literatura também. Depois de juntar tudo que eu gostava e cabia na mesma temática, escrevi o conto inicial “O rock’n roll dos idiotas” pra meio que apresentar personagens, narrador e o clima do que estaria por vir. E também escrevi o conto final “Cães”, dando um fim pra cronologia da história e colocando uma espécie de elemento fantástico nela – só um pouco.

Os temas são os mesmos de sempre. Umas mulheres, bebidas, gangues (das quais roubei os apelidos de vários brothers meus, tais quais Negão Raridade – Alinson Alaniz, Custela – Leandro Caldas e Fred Fudido), além de morte, solidão e crianças. Tudo pra falar de desesperança, desolação e prazeres baratos. Aos vagabundos, psicopatas, fudidos e malucos que curtem o que escrevo, comprem esse se puderem e me ajudem a, pelo menos uma vez na vida, sair do mercado com uma garrafa de Domecq ao invés do velho Dreher. Valeu.

 

5 Respostas to “livro saindo”

  1. Thiago Kittler Says:
  2. ‘chê, como faço pra comprar o livro contigo? dá um aviso que, se sobrar um, quero.

    valeu e parabéns pela publicação.

  3. Ricardo Carlaccio Says:

    Puta notícia, brother. Estaremos no lançamento. A Fabiana que me dá as notícias, pois não estou em parte alguma da net. Abração e até dia 23.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: