Haikais de Panero

Em meio a uns livros que descolei do Leopoldo María Panero quando fui pra Argentina, tem vários haikais. Traduzi alguns:

Leopoldo María Panero

Mulheres venham a mim
tenho entre minhas pernas
o filho que não nascerá.

_______________________

Pinto minhas unhas.
Penso em meu irmão
tumba entre tumbas.

_______________________

Um lago nasceu
em meu crânio
flutuam os peixes.

_______________________

Melhor o barco pirata
que a nave
dos loucos.
Mais atroz que isso
a lua em meu olho.

_______________________

Sei mais que um homem
menos que uma mulher.

_______________________

Choras entre meus músculos, amada:
o cadáver da poesia
é a substância dos meus versos.
_______________________

fêmea que entre meus músculos calavas
de todos os favores que pude prometer
te devo a loucura.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: